Páginas

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

"Feliz 2010."

"FELIZ 2010".
A todas as crianças e aquelas pessoas que trabalham e cuidam das crianças....Façamos um 2010 diferente,sejamos luz na vida daqueles que estão ao nosso redor...Que Deus seje o centro da nossa vida em 2010....e lembre-se:"FELIZ SEMPRE."

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"mensagem do Dia."

"O VERDADEIRO SENTIDO DO NATAL".

Jesus e Papai Noel .
Papai Noel mora no Polo Norte...
Jesus, em todo lugar...
...Papai Noel anda num trenó...
Jesus voa no vento e anda sobre as águas.
Papai Noel vem somente uma vez ao ano.
Jesus está sempre presente.
Papai Noel enche nossas meias com presentes...
Jesus supre todas as nossas necessidades.
Papai Noel desce pela chaminé sem ser convidado...
Jesus fica na nossa porta, bate e entra em nosso coração.
Nós temos que esperar numa fila para ver Papai Noel...
Jesus já está próximo quando se menciona Seu nome.
Papai Noel nos deixa sentar no seu colo...
Jesus nos deixa descansar em Seus braços.
Papai Noel não sabe nosso nome,tudo o que ele pode dizer é:"Olá garotinho ou garotinha, qual é o seu nome"?...
Jesus sabia nosso nome antes mesmo de nós o sabermos.Ele sabe não só o nosso nome,Ele conhece nossa história e futuro e ainda.Conhece nosso coração e quantos fios de cabelo temos em nossa cabeça.
Papai Noel tem uma barriga que balança como gelatina...
Jesus tem um coração cheio de amor, graças,misericórdia e perdão.
Tudo que Papai Noel pode oferecer é:"HO, HO, HO"...
Jesus diz: "Deixe que eu resolvo seus problemas".
Os ajudantes de Papai Noel fazem brinquedos...
Jesus faz vida nova, consola nosso coração aflito,repara lares destruídos e constrói esperanças.
Papai Noel pode fazer-nos um agrado mas...
Jesus nos dá alegria com Sua força.
Enquanto Papai Noel coloca presentes sob nossa árvore...
Jesus tornou-se nosso presente emorreu na cruz por todos nós.
É claro que não há comparações.Nós devemos lembrar "Quem é" o Natal, na verdade.
Devemos recolocar Cristo no Natal,Jesus ainda é a razão da comemoração.
Jesus é o melhor,
Ele é melhor até mesmo que Papai Noel.
Ele é melhor até mesmo que Papai Noel.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

ATENÇÃO!!! ALERTA!!



"PULSEIRAS DO SEXO! ATENÇÃO: PAIS E PROFESSORES."
À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças parece inocente.
Mas na realidade elas são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade, desde um abraço até ao sexo propriamente dito.
Poderia confundir-se com mais uma daquelas modas que pega, uma vez que é usado por milhares em várias escolas primárias e preparatórias no Reino Unido e custam apenas uns centavos em qualquer banca ao virar da esquina.
Mas as diferentes cores das ditas pulseiras de plástico – preto, azul, vermelho, cor-de-rosa, roxo, laranja, amarelo, verde e dourado – mostra até que ponto os jovens estão dispostos a ir, se proporcionar, desde dar um beijo até fazer sexo.
Andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de rebentar uma das pulseiras. Quem a usava terá de “oferecer” o ato físico a que corresponde à cor. É o “último grito” do comportamento promíscuo que sugere, cada vez mais, que a inocência da infância pertence a um passado distante.
Quase tão chocante como as “festas arco-íris” – encontros com muito álcool e droga à mistura, em que as meninas usam batons de cores diferentes para deixar a “marca” nos rapazes após o sexo oral -, as “pulseiras do sexo”, que custam apenas um euro (um pacote com várias), têm um custo maior que foge ao alcance de muitos pais.
Significado das cores:
» Amarela – é a melhor porque significa das um abraço no rapaz;
» Laranja – significa uma “dentadinha do amor”;
» Roxa – já dá direito a um beijo com língua;
» Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar o peito;
» Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance;
» Azul – fazer sexo oral praticado pela menina;
» Verdes – são as dos chupões no pescoço;
» Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;
» Dourada – fazer todos citados acima;
Símbolo de respeito-Como quase em tudo nestas idades, existe um estigma por detrás das pulseiras: quem não as usar é excluído e quem usar as cores preto e dourado é mais respeitado. “No meu grupo da escola, a líder – que serve de exemplo para todos – só usa pulseiras pretas e douradas. Todos os rapazes da minha turma usam pretas e se uma rapariga também usa, eles gostam todos dela”, conta a criança de 12 anos.
Shannel Johnson, de 32 anos, descobriu através da filha, de oito, o significado das pulseiras e admitiu ao The Sun que nunca suspeitaria do código subjacente. Quando a filha Harleigh lhe disse que se alguma rebentasse, tinha de fazer um “bebe com um rapaz”, Shannel teve uma conversa com a filha, chamando-a à realidade.
Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda.
Preste muita atenção, estas pulseiras já chegaram ao Brasil!
O problema é que essa moda se espelhou muito rapidamente no Brasil, mais rápido do que a notícia.
"Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos (presunços, fanfarrões), arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus,..." II Timóteo 3:1-4.
"Vamos cuidar do que nossos filhos,crianças,adolescentes e jovens estão vendo,fazendo nos dias de hj..cuide para que o mundo ñ os devore..." Vamos fazer de nossos Jovens uma geração de conquistadores e leva-los a viver uma vida de santidade ao Senhor."

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Frase do Dia!


"Infância o Melhor Tempo para Semear".

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Frase do Dia.

Educar é...
Educar é gerar....
Buscar....
Cultivar....
Abrir portas....
Construir pontes...
Sonhar...
É Metamorfose...
Educar às vezes é sofrer...
Outras vezes é sorrir...
Educar é inevitável!
Continue educando.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

para meninos.


"SOMOS EMBAIXADORES POR CRISTO.2Co.5:20"

para meninas.


“Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz.”Isaías 60.1

sábado, 14 de novembro de 2009

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

O MEU POMAR!

Se eu tivesse um pomar, um pequeno pomar que fosse, não lhe poria grades à roda,
como os outros proprietários. Não poria, a guardá-lo, um desses cães enormes,
rancorosos, que andam sempre rondando os pomares ...
O meu pomar seria assim: toda aberto, para todos. E, quando o outono chegasse e
as árvores ficassem cheias de frutos amarelos e vermelhos, nenhum pobrezinho teria
fome, nenhuma criança choraria de sede, passando pelo meu pomar ...
E, no inverno, ainda haveria lá onde alguém se abrigasse, quando chovesse muito ou
fizesse muito frio ...
Se eu tivesse um pomar, ele estaria sempre em festa, cheio de borboletas e de
pássaros ...
Como eu seria feliz, se tivesse um pomar !
.
Cecília Meireles.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Versículo do Dia!

"O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará."sl 23.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Filhos!

Impor limite de horários para os filhos: certo ou errado?
O tema criação dos filhos sempre gera muita discussão, mais ainda quando o assunto são os limites que os pais são obrigados a impor nos filhos. Nem sempre essa relação, entre quem manda e quem obedece é fácil. Mas você como mãe precisa ser rígida, afinal está fazendo isso para o bem dele; nem que ele não entenda agora, mas mais tarde vai te agradecer.
A relação entre você e seu filho não é igual a que você tinha com a sua mãe. A relação está mais aberta e hoje os filhos podem opinar sobre as decisões dos pais e os pais podem ser companheiros dos filhos; sem fazer, o tempo todo papel de educador. O que o seu filho deve perceber que apesar dessa amizade entre vocês, há uma hierarquia na casa que precisa ser seguida; isto é seja amiga, mas também seja firme quando precisar.
É claro que no seu papel de educadora, impor limites é essencial para que ele cresça com responsabilidade. E limites nos horários e uma rotina ajudam a ele criar essa responsabilidade e saber que existe hora para tudo. Nada é proibido, mas sim dosado até que ele sozinho saiba o melhor caminho a seguir e esteja ciente das escolhas que ele fará.
É importante que você também ouça o seu filho e até mesmo negocie e mostre o porquê você está impondo horários para ele. Quando os filhos ainda são pequenos não sabem se guiar sozinhos, muito menos decidir o que é melhor para eles. Então esse papel passa a ser basicamente seu.Ou seja, se você coloca horário para a comida, estudo, atividades físicas e até mesmo para dormir, é porque ele ainda não tem capacidade para decidir isso sozinho. Esses horários são planejados para que ele possa obter o melhor resultado e aproveitar melhor o dia e crescer conforme se deve.
Quando ele for mais velho e tiver noção de que tudo isso foi feito para o desenvolvimento dele, você pode até negociar uma ida para a cama mais tarde ou um dia de folga. Mas enquanto ele é jovem os horários são por sua conta. Imagine se ele não tivesse esses limites? Passaria o dia todo na frente do computador e da televisão.
É por isso mesmo que você tem que fiscalizar e deixar claro que se ele pode ficar 1 hora por dia no computador, é uma hora por dia e nada mais.Ele pode até reclamar na hora, mas certamente vai te agradecer mais tarde quando perceber que não perdeu o dia todo em coisas inúteis aproveitou o que há de melhor na infância sem stress ou correria.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

A lição das Formigas.

As formigas não são um povo forte; todavia no verão preparam a sua comida. - Provérbios de Salomão 30:25
É curioso que neste provérbio as formigas s apresentadas como um povo. De facto, a primeira grande virtude do sistema orgânico das formigas, é saberem viver como um povo. Isto significa que elas se conhecem, se organizam, preservam e vivem de acordo com os seus "valores".
Mas como sabemos, as formigas são, no entanto, apesar desta organização, uma comunidade fraca (vulneráveis pelo tamanho e pelos lugares por onde circulam). Além disso, são seres indesejáveis pelo homem. Ninguém gosta de ter formigas em casa.
Mas a lição que nos é fornecida neste provérbio, é de que elas são prudente.
1. Prudentes, porque sabem antecipar os problemas. Sabem que a comida não está disponível o tempo todo durante o ano. Por isso, ajuntam no verão.
2. São prudentes, porque trabalham quando a maioria folga. No verão, devido ao imenso calor e à propensão para o ócio de grande parte dos animais, mas também devido às vantagens climatéricas; as formigas aproveitam este período para se abastecerem e fazer as suas reservas.
3. São prudentes, porque esta época oferece provavelmente mais alimentos.
Assim, temos nas formigas um grande exemplo de trabalho, organização e prudência. Saibamos, pois, olhar para os bons exemplos e aprender.

domingo, 1 de novembro de 2009

Frase do Dia!


“Se quiser colher em curto prazo, plante cereais;
A longo prazo, plante árvores frutíferas;
Mas se quiser colher para sempre Eduque uma criança.”

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

História de hj.

Versículo para memorizar:Guardo no coração as tuas Palavras, para não pecar contra ti". Salmo 119.11.
Hoje eu trouxe uma amiguinha comigo. Vocês querem conhecê-la? Seu nome é Ana. Vocês já pensaram no que a gente desobedecesse ou mentisse a língua crescesse? Vamos imaginar que Ana tem uma língua muito comprida.
Logo que Ana levantou, a sua mãe pediu que ela guardasse os seus brinquedos. Sabem o que ela respondeu? Ahhhhhhhh! Eu não vou guardar agora, eu tenho que brincar lá fora. Ela saiu batendo a porta. Ela desobedeceu a sua mãe. Sua língua cresceu um pouco.
No mesmo dia, quando estava na escola a professora perguntou quem estava conversando, ela mentiu, dizendo que era a sua coleguinha que estava puxando assunto. Sua língua cresceu mais um pouco.
Na hora do recreio as meninas estavam jogando queimada e como ela não foi escolhida, ficou com raiva e falou um nome feio. A sua língua cresceu mais um pouco.
Há um versículo na Bíblia que diz: "O homem vê o exterior, porém o Senhor conhece o coração". (1 Samule 16.7). Deus estava vendo o coração de ana. Que vocês acham que Deus via?
Um dia Beto convidou ana para assistir uma classe Bíblica. Ela não queria ir, mas a sua mãe insistiu tanto que Ana acabou indo. lá na classe bíblica, ana estava inquieta... puxava a saia da menina da frente, jogava papelzinho nos meninos... Mas a professora estava contando uma estória de uma menina parecida com ela. Será que ela estava falando dela? Mas a menina tinha outro nome. E a menina da estória havia mudado de vida. Por que será? Ana começou a prestar atenção na estória para saber a razão da mudança da menina. Sabem por que ela mudou? É por que ela reconheceu que era pecadora, que fazia uma porção de coisas erradas. mas o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz por ela e ela creu pedindo que Jesus fosse o seu Salvador.
A professora da classe perguntou se alguém queria aceitar o Senhor Jesus como o seu Salvador e permitir que Ele mudasse a sua vida. Ana mais que depressa levantou a mão. A professora ajudou-a a orar. Deus que sempre vê o coração, viu que agora o coração de Ana estava completamente mudado. em vez de ser mentiroso, agora era manso e humilde.
Em Jeremias 29.13 diz: "E buscar-me-eis e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração". O sangue de Jesus Cristo limpou todos os pecados de Ana.
No dia seguinte a mãe de Ana pediu pra ela não sair sem escovar os dentes. Ela respondeu: - Eu já vou mamãe. Da sua língua não saiu mais palavrão, ela não estava mais suja! Agora o coração de Ana era um coração alegre.
Ana lia a Bíblia todos os dias. Os seus olhos estavam bem abertos para entender a Palavra de Deus.
Ela também orava todos os dias. Como é bom conversar com Deus.
Na escola quando a professora chamou-lhe a atenção, ela disse: "Desculpa, tia Vânia, eu vou procurar nõ conversar mais durante a aula" Agora da sua boca não saíam respostas duras, nem palavrões , mas saíam corações. Na hora do recreio Ana ficou contente por que ela ajudou sua amiguinha que caiu e se machucou. não demorou muito, as pessoas começaram a observar que Ana havia mudado. Agora ela tinha um coração bondoso. Da sua boca só saiam palavras amáveis.
Salmo 119. 11: " Guardo no coração as Tuas Palavras, para eu não pecar contra ti."
Por que será que Ana mudou tanto? Ana mudou por que Jesus veio morar no seu coração. Só Jesus pode transformar as nossas vidas!
Amém...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

"Crianças."

Seres tão próximos de Deus.
Seres tão próximos dos Anjos.
Seres tão próximos da pureza de ser…
Toda criança que chega à Terra, traz consigo uma missão. Uma missão de vida, uma missão dentro da sua família, uma missão a cumprir em sua jornada. Estes pequeninos, inocentes, precisam de amor, de orientação, de limites para serem preparados a enfrentar os desafios da vida.
Infelizmente, o que vemos hoje, são crianças “soltas”, criadas sem pulso firme, sem uma presença forte que as eduque e que mostre a elas noções de limite, de respeito e de moral. Crianças cada vez mais distantes de seus pais, crianças que ganham tudo para compensar esta ausência, crianças que são tratadas como pequenos adultos.
Erroneamente, pais perdidos, cedem a uma “manha” para livrar-se daquele choro insuportável. Deixam tudo, liberam tudo, achando que isto é demonstração de amor. Chamam muitas vezes o filho para o diálogo quando este ainda não tem capacidade para isto e que, na verdade, necessita de um “não” sem explicações.
Muito se liberou, muito se escreveu sobre educação, muita coisa mudou…e o que vemos hoje, são crianças mal educadas, despreparadas para viver a vida adulta, crianças mandando nos pais, consequentemente, se vendo no direito de mandar nos professores. Crianças vendo novelas impróprias, conhecendo o mundo através da internet e conversando com seu coleguinha de sala pelo celular. Pois, hoje, tudo pode, tudo é liberado. Porque na verdade, pais exaustos do trabalho e do estresse do dia a dia, encontram nesta “liberação de tudo”, um descanso.
Infelizmente o resultado disto tudo não é positivo. O futuro mostrará adultos sem noção do certo e do errado, adultos que não terão noção de respeito por si e pelo próximo, adultos que estarão governando suas casas e nosso país, com total desprezo às regras e à moral.
Esta é sim uma triste realidade, pesada para ser falada em um mês tão especial que é o mês do DIA DAS CRIANÇAS. Porém, é necessário ABRIR OS OLHOS e não fingir que nada disso acontece para que nós, adultos hoje, possamos preparar melhor nossas crianças que serão adultos amanhã.
Para terminar, quero retomar ao início deste texto, lembrando que crianças são seres próximos de Deus, próximos dos anjos, próximos da natureza de ser…eles merecem serem olhados assim, eles merecem serem soltos sim, mas na hora de brincar, de correr, de gargalhar, de expressarem desde cedo sua própria natureza de SER.
Cabe a cada um de nós, adultos (pais, mães, professores, tios, tias…) olhar diferente para nossas crianças. Impondo limites, dando amor, educando, mostrando o caminho, fortalecendo a base de respeito e de moral, sendo duros quando necessário, sem medo, sem preguiça de educar, pois educar dá trabalho, mas vale a pena!
• CUIDE DE SUAS CRIANÇAS!
• VALORIZE SEUS POTENCIAIS!
• ENSINE-AS A ORAR!
• ENVOLVA-AS EM SEUS BRAÇOS E LHES DÊ AMOR…
QUE DEUS ABENÇOE TODAS AS CRIANÇAS DO NOSSO PLANETA!

Versículo do Dia.


terça-feira, 27 de outubro de 2009

Olha que história linda!!!!

Daniel na cova dos leões!
Daniel já era um homem velho. Seu cabelo e sua barba já eram grisalhos. E ainda ele morava na terra longínqua da Babilônia. Ali ele era um servo nobre do rei.
Mas Nabucodonosor não era mais rei. Este já estava morto há muito tempo. Agora havia um outro rei, que se chamava Dario.
O rei Dario estimava-o e dizia: "Daniel é o melhor servo de todos. Quero fazê-lo muito mais importante ainda. Vou nomeá-lo vice-rei. Então ele será o chefe de todo o meu reino e de todos os outros servos meus".
Quando os outros servos souberam disso, ficaram com muita inveja.Eles disseram: "Deverá ele ser o mais importante de todos? Isso não deve acontecer. Nós é que queremos ser os mais importantes. Vamos espreitá-lo bem para ver se Daniel faz alguma coisa errada. E então iremos contar logo ao rei. Então o rei não gostará mais tanto de Daniel".
Desde então, todos os dias iam espiar Daniel para ver se ele fazia alguma coisa errada. Mas Daniel não fazia nada de errado. Fazia seu serviço da melhor maneira possível. E orava três vezes por dia.
Quando Daniel orava, ele se ajoelhava em seu quarto, frente à janela aberta. Bem ao longe ficava Jerusalém. Ali estava uma vez o lindo templo, que agora estava queimado. Mas algum dia, o povo de Daniel iria morar lá de novo. E haveria lá também um novo templo, quando o castigo do povo tivesse passado.
Daniel olhava para longe, para lá onde ficava Jerusalém, e orava dizendo: "Senhor, deixa meu povo voltar em breve para sua pátria."
Daniel nunca se esquecia de orar, Isso ele fazia fielmente três vezes por dia. Os outros servos podiam vê-lo. E daí aqueles homens falsos imaginaram um plano para trazer desgraça sobre Daniel e para impedir que ele continuasse a ser o homem mais nobre e importante do país.
Eles foram falar com o rei. Inclinaram-se profundamente. Comportaram-se muito corteses e amáveis, e disseram: "Oh rei, nós sabemos uma coisa boa. O senhor sabe o que deve fazer? 0 senhor deve ordenar que todas as pessoas em seu país não peçam mais nada a ninguém, nem a homens e nem Deus, durante um mês inteiro. Somente ao senhor poderão pedir o que quiserem, pois o senhor é o nosso rei poderoso."
Isso agradou bem ao rei. Ele gostou do plano.
"Sim, isto eu farei", disse ele."
"E quem for desobediente será castigado com rigor", disseram os homens malvados. "Este deverá ser jogado na grande cova, onde estão os leões."
"É, isso mesmo," disse o rei.
Então ele mandou seus empregados passarem pelo país. E estes avisaram o povo por toda parte que ninguém mais devia orar nem devia pedir nada a ninguém, senão ao rei.
Todos ouviram esta ordem. Daniel também ouviu. Ele percebeu bem quem tinha imaginado este plano perverso. Foram seus inimigos. Estes queriam sua desgraça.
Que devia fazer Daniel?
Deus tinha dito que cada um que o amasse, também devia orar a Ele.
Mas o rei ordenou que isso não devia ser, mas que Daniel devia esquecer-se de Deus.
A quem Daniel devia obedecer agora?
A Deus naturalmente. E por isso Daniel continuava ajoelhando-se, três vezes por dia, frente à janela aberta.
Mas perto da janela estavam seus inimigos, espiando. E quando viram que Daniel assim mesmo orava, correram depressa para contá-lo ao rei.
"Rei", disseram eles, "o senhor não disse que ninguém devia pedir coisa alguma senão ao senhor, durante um mês?"
"Sim", respondeu o rei, Isto eu disse"
"E se alguém é desobediente, não deve ele ser lançado na cova dos leões?"
"Sim", disse o rei, "assim deve ser."
"Oh rei", exclamaram eles, "então Daniel tem que ser lançado na cova dos leões. Ele foi desobediente. Ele ora a seu Deus, três vezes por clia"
Aí o rei se assustou. Compreendeu como os homens tinham sido falsos."Daniel não", gritou ele, "não, Daniel não!"
Mas os homens disseram: "Foi o senhor que deu essa ordem, rei e agora o senhor também tem que fazê-lo."
Sim, era assim mesmo naquela terra: O que o rei tinha dito, isso ele sempre tinha que fazer. Ele queria ajudar a Daniel, mas não podia. E quando anoiteceu, Daniel foi levado para a cova dos leões.
O rei estava bem triste e chamou: "Daniel, eu não posso ajudá-lo, mas espero que seu Deus o ajude."
Então Daniel foi lançado na cova.
Chegou a noite, mas o rei não pode dormir. Ele estava muito triste e sempre tinha que pensar em Daniel. Será que seu Deus cuidaria dele?
De manhã, o rei levantou-se bem cedo e foi para fora. Com o coração batendo, chegou à cova dos leões.
"Daniel", chamou ele. "Daniel. Deus cuidou de você?"
E de repente, o rei quase deu um salto de alegria. Porque do fundo da cova veio uma voz: "Sim, rei. Deus cuidou de mim. Ele mandou seu anjo, para cuidar que os leões não me fizessem mal algum, porque também eu não fiz nenhum mal."
O rei ficou muito contente.
"Tirem-no dali!" gritou ele. "Depressa, tirem Daniel da cova!"
Então vieram alguns homens, com uma corda grossa. Desceram a corda na cova e assim puxaram Daniel para cima. E então Daniel estava à frente do rei, vivo e são. Ele tinha passado a noite inteira com os leões ferozes, mas eles não lhe tinham feito nenhum mal.
Que grande milagre foi este! E como estava contente o rei, porque tinha Daniel de volta.
Mas então ele se lembrou dos homens malvados que queriam matar Daniel. Mandou seus soldados para buscá-los e então mandou jogá-los também na cova dos leões.
Mas agora não havia nenhum anjo que cuidasse deles. Todos foram comidos pelos leões.
Mas Daniel ficou sendo o servo mais importante do rei, sim, o mais nobre em todo o país.
E o rei ordenou que todas as pessoas naquela terra servissem ao Deus de Daniel.

"A Oração."


"A oração por meio da mão...Um lembrete útil sobre por quem orar!"

1. Por mim.
2. Pelos que estão fracos(Doentes,salvos com problemas,não salvos).
3. Pelas autoridades( Pais,professores,policiais,membros do governo).
4. Pelos que me ensinam sobre Cristo( Prof da EBD,pastor,prof da classe Boas Novas).
5. Pelas pessoas que amo( Família e amigos).Paulo nos ensina a continuar"Perseverantes em oração"(Romanos 12:12).
Ajude as crianças desde pequeninas a fazerem da oração uma parte importante da sua vida diária.Ao ensinar uma criança sobre a oração,use sua mão como recurso visual.Cada dedo deve ser um lembrete das pessoas por quem ela deve orar.

sábado, 24 de outubro de 2009

" Tita, A Borboleta Vaidosa."


Tita era uma lagartinha ainda muito novinha que mal acabara de nascer no ínicio da primavera.Uma tarde, quando ela passeava sobre uma folhagem do jardim de Batatinha, a filha da dona da casa, ao olhar para uma brilhante gota d'água, Tita levou um grande susto. No brilho da água ela viu seu rosto como num espelho e, qual não foi a sua surpresa, quando descobriu que era tão feia como ela nunca havia visto igual! ela nunca havia visto uma lagarta em toda a sua vida!
Tita pôs- se a chorar tanto e tão alto que, se houvesse alguma pessoa passando pelo jardim, poderia ouvi-la soluçar e fungar.
Tita, que já era uma lagartinha pequenina e quietinha, passou a ser ainda mais quieta, mais triste, mais feia e apagada.
No meio daquelas lindas flores no jardim de Batatinha ela se escondia cada vez mais, sempre encorujada e dizendo:
- "Por que eu não nasci uma flor, elas são tão lindas e tão admiradas e eu, uma feia e magricela lagartinha, sem amigos e, o que é pior, sempre verde!"
Batatinha todos os dias jogava e fresca sobre seu lindo jardim, e as flores cresciam cada vez mais viçosas e cheirosas.
Havia uma flor, uma linda margarida que, enquanto tomava banho pensava:
- "Como é boa a Batatinha, é uma pena que ela não possa fazer nada pela pobre Tita."
No meio do jardim havia uma árvore, uma grande árvore e lá no topo, um ninho onde morava um lindo passarinho que cantava, alegrando todas as manhãs.
O passarinho era amigo das flores, das folhagens e das árvores.
Enquanto sobrevoava o canteiro das flores, viu tão escondidinha e tão chorosa, a lagartinha Tita deitada sobre uma folha. Então o passarinho resolveu pousar e ter com Tita uma longa conversa:
- Que coisa feia, você uma lagartinha, chorando desse jeito! Distraída assim, qualquer hora alguém esbarra em você e adeus, lagartinha!
Tita respondeu com lágrimas nos olhos:
- Você fala assim porque sabe que é um lindo passarinho, grande e, que acima de tudo, sabe voar. Por isso conhece todo mundo e é admirado por todos, mas eu não passo de uma minhoca desajeitada, magricela e feiúda...
Chamou-a num canto e disse bem baixinho em seu ouvido para que ninguém escutasse:
- Você é uma lagartinha privilegiada, todos as lagartas são privilegiadas porque depois de algum tempo sendo feias, magricelas e verdes, vocês sofrem uma grande mudança e se tornam belas e coloridas borboletas. Isso é a natureza, cheia de segredos e surpresas na primavera!
E o passarinho deu a chorona Tita uma grande lição:
- Temos que ser felizes e agradecidos por sermos o que somos simplesmente, pois a natureza nos reserva lindas surpresas. Foi o próprio Deus quem nos criou.A pobre Tita não conhecia o seu destino, nunca ninguém tinha lhe contado que de lagartinha ela passaria a ser borboleta. E disse mais:
- Não sei quando tudo vai acontecer, mas tenha paciência que esse dia vai chegar e tudo vai ser muito bom.
E desse dia em diante, Tita passou a pensar muito naquilo que o passarinho lhe havia falado.
- Eu posso ser feliz assim como eu sou. Até que para uma lagarta verde, eu sou até simpática.Tita já não olhava para si com pena do que via. Agora, quando olhava sua imagem refletida numa gota de chuva, pensava:
- Sorte a minha ser uma lagartinha, pelo menos eu posso andar e passear sobre as folhas, contemplar as lindas flores e esperar com alegria o dia de amanhã.
E numa manhã Tita levantou-se diferente, não sabia porque, mas sentia vontade de voar. Olhou para os lados e viu lindas, grandes e coloridas asas que tinha feito antes, saiu voando sobre as flores do jardim de Batatinha.
Tinha chegado hora de Tita, ela agora era uma borboleta exatamente como o passarinho lhe havia dito.
Então, a triste e chorona Tita passou a ser a mais linda e alegre borboleta de todo jardim, porque acreditou, porque esperou e alcançou uma felicidade ainda maior que a que possuía, mesmo como lagartinha.
Assim somos nós, às vezes tristes, às vezes feios, mas Deus nos prometeu uma coisa que eu vou contar agora para vocês:
Ele prometeu que nos transformaria, que tiraria todo o pecado da gente que nos faz ficar feios e tristes, para fazer lindos, felizes e livres como ficou a lagartinha Tita. Tudo isto pode acontecer aqui mesmo, agora.
“Assim que, se alguém, está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (II Corintios 5:17).
“Eis que vos digo um mistério: na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (I Corintios 15:51-52).
Se você quiser ter a mesma experiência que Tita teve, escute o conselho de Jesus como Tita ouviu o conselho do passarinho. Espere, confie nEle e então, talvez numa manhã como aquela, você acorde diferente. Quando olhar para você mesmo vai ver uma outra pessoa, aquela que Deus quis que você fosse, bem mais bonita e bem mais feliz, como Tita, a lagartinha que virou uma linda borboleta.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

terça-feira, 20 de outubro de 2009


O Guarda-Chuva Ambulante."


Vocês gostariam de ouvir a história de um guarda-chuva ambulante?É um fato que realmente aconteceu.
Um guarda-chuva grandão ia andando bem depressa pela rua.Parecia possuir pés próprios, era bonito, feito de várias cores brilhantes, enorme ia saltitando pela rua abaixo.
Todo mundo ficou curioso à respeito do guarda-chuva estranho.Crianças e adultos iam seguindo atrás, logo descobriram que os pezinhos pertenciam a um menino, ele andava depressa, sem dizer uma palavra, e o grupo seguia-o.
Finalmente chegaram a um lugar sombreado, debaixo de uma árvore bem grande, o menino colocou o enorme guarda-chuva no chão. E perguntou ele, as crianças que se aproximavam.- Quem quer ouvir a história do meu guarda-chuva?- Sentem-se então e escutem. Disse o menino, e todos obedeceram apesar do fato de alguns serem maiores do que ele.
Apontando para a parte preta ele começou:- Estão vendo esta cor? O preto nos faz pensar na escuridão e no pecado, cada um de nós já fizemos coisas erradas uma vez ou outra. Muitas vezes pecamos numa hora quando ninguém está por perto, ou no escuro, quando ninguém pode nos ver. As coisas feias que praticamos são chamadas de pecado.Todos escutavam com atenção.
Vocês estão vendo esta cor dourada, representada pela cor amarela?Esta nos faz lembrar o céu, onde tem ruas de ouro, vocês sabiam que nenhum pecado pode entrar no céu? Porque se entrasse estragaria o céu!Não existe pecado lá, por isso nenhum de nós pode ir para o céu, porque todos nós temos pecado no coração.
Mais estão vendo esta cor vermelha? Continuou o menino... Esta nos conta que o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz e derramou seu precioso sangue para nos perdoar os pecados.O Senhor Jesus é o filho de Deus, Ele tomou o castigo que nós merecemos.
Quando cremos que Ele é mesmo o Filho de Deus e o recebemos como nosso Salvador, Ele perdoa todos os nossos pecados, tornando o nosso coração limpo e puro, como a parte branca do meu guarda-chuva, mais é preciso confiar em Jesus. Temos que pedir perdão pelos nossos pecados.Quando fazemos isso, Ele vem morar em nosso coração e torna-se nosso Salvador. E Jesus faz com que possamos entrar no céu um dia quando deixarmos esta vida.Agora, quantos de vocês sabem que são pecadores? Mas querem ir um dia para o céu? Todas as mãos se levantaram. – Está bem, então diga para Deus que você é um pecador.
Logo, silenciosamente as crianças se ajoelharam no chão, cada um falou com Deus, confessando os seus pecados.- Diga-lhe agora que você crê que o Senhor Jesus Cristo morreu em seu lugar e peça que Jesus lhe salve neste instante. Baixinho, as crianças começaram a orar.
O menino tirou uma Bíblia pequena (um Novo Testamento) do seu bolso, abriu ela no Livro do Evangelho de João 3:16.
- Vou ler um versículo da Palavra de Deus, quando chegar às palavras “o mundo” você deve substituir pelo seu nome e quando eu falar “todo aquele” você coloca seu nome ali também, estão entendendo?
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça mais tenha a vida eterna”.
Cada um leu o versículo, colocando o seu próprio nome.
- Isto significa que se você de fato crê que Deus lhe ama e que Ele mandou seu Filho para morrer em seu lugar, e se você confia em Jesus e o recebeu em seu coração então você acaba de nascer na família de Deus, e todos que pertencem a família de Deus têm a vida eterna. É a palavra de Deus que diz isto, e pode ter certeza: É a verdade.Ele parou um instante, e olhando firmemente para todos disse:
Vocês estão notando que tenho ainda uma outra cor no meu guarda-chuva? Qual a cor que falta? Os ouvintes responderam, todos juntos: “Verde”.
Está certo, não falei nada sobre o verde, pois bem, é o seguinte, depois de termos recebido o Senhor Jesus e termos o perdão dos nossos pecados, estamos prontos para irmos para o céu, Jesus quer que nós cresçamos espiritualmente, que sejamos crentes mais firmes cada dia que passa.
- O verde nos fala das coisas que crescem, como as árvores, as flores, as gramas..., Você só vai se tornar um crente forte, se você ler a Bíblia e orar todos os dias, e ir a igreja todos os domingo, não se esqueçam disso.Ele fechou o guarda-chuva.
- Quero que vocês vão embora agora para contar aos outros o que eu lhes contei, voltarei amanhã para ver se vocês poderão repetir para mim tudo o que lhes falei sobre as cores.
As crianças não voltaram logo para a brincadeira, em vez disso foram falar daquilo que acabaram de ganhar.E o nosso amiguinho abriu o guarda-chuva novamente e continuou andando pelas ruas, procurando outras pessoas para ouvirem o Evangelho.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

"Direitos da Criança Cristã!"

1. Direito a não morrer pelos pecados cometidos. Jesus já pagou o preço exigido por Deus (Rm 5.8).
2. Direito de conhecer o Caminho, a Verdade e a Vida (Jo 14.6).
3. Direito a ser filho de Deus através de Jesus Cristo (Jo 1.12).
4. Direito à vida abundante em Cristo (Jo 10.10).
5. Direito a ter uma armadura completa para defender-se do mal (Ef 6.11).
6. Direito de orar e receber resposta (Mt 7.8).
7. Direito de ressuscitar no último dia (1 Ts 4.14).
8. Direito a um novo nome na Glória (Ap 2.17b).
9. Direito a pertencer ao corpo de Cristo e atuar como parte importante nele (1Co 12.22).
10. Direito de receber proteção e cuidado especial para obter um crescimento saudável no conhecimento de Deus.

"Noções de Higiene!"

"Devemos ensinar às crianças, além dos hábitos relacionados à vida espiritual, hábitos de higiene e comportamento, no geral."

domingo, 18 de outubro de 2009

sexta-feira, 16 de outubro de 2009


"Porque toda a criança tem direito a ser amada, cuidada, direito a brincar, direito a ser criança..."

O direito das crianças.

Toda criança do mundo..Deve ser bem protegida..Contra os rigores do tempo..Contra os rigores da vida.
Criança tem que ter nome..Criança tem que ter lar..Ter saúde e não ter fome..Ter segurança e estudar.
Não é questão de querer,Nem questão de concordar..Os diretos das crianças..Todos tem de respeitar.

Tem direito à atenção..Direito de não ter medos..Direito a livros e a pão..Direito de ter brinquedos.
Mas criança também tem..O direito de sorrir.Correr na beira do mar,Ter lápis de colorir...
Ver uma estrela cadente,Filme que tenha robô,Ganhar um lindo presente,Ouvir histórias do avô.
Descer do escorregador,Fazer bolha de sabão,Sorvete, se faz calor,Brincar de adivinhação.
Morango com chantilly,Ver mágico de cartola,O canto do bem-te-vi,Bola, bola,bola, bola!
Lamber fundo da panela..Ser tratada com afeição..Ser alegre e tagarela..Poder também dizer não!
Carrinho, jogos, bonecas,Montar um jogo de armar,Amarelinha, petecas,E uma corda de pular.
Um passeio de canoa,Pão lambuzado de mel,Ficar um pouquinho à toa...Contar estrelas no céu...
Ficar lendo revistinha,Um amigo inteligente,Pipa na ponta da linha,Um bom dum cahorro-quente.
Festejar o aniversário,Com bala, bolo e balão!Brincar com muitos amigos,Dar pulos no colchão.
Livros com muita figura,Fazer viagem de trem,Um pouquinho de aventura...Alguém para querer bem...
Festinha de São João,Com fogueira e com bombinha,Pé-de-moleque e rojão,Com quadrilha e bandeirinha.
Andar debaixo da chuva,Ouvir música e dançar.Ver carreiro de saúva,Sentir o cheiro do mar.
Pisar descalça no barro,Comer frutas no pomar,Ver casa de joão-de-barro,Noite de muito luar.
Ter tempo pra fazer nada,Ter quem penteie os cabelos,Ficar um tempo calada...Falar pelos cotovelos.
E quando a noite chegar,Um bom banho, bem quentinho,Sensação de bem-estar...De preferência um colinho.
Uma caminha macia,Uma canção de ninar,Uma história bem bonita,Então, dormir e sonhar...
Embora eu não seja rei,Decreto, neste país,Que toda, toda criançaTem direito a ser feliz!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O projeto criança Feliz!!


"Aqui está o meu mais novo projeto,trabalhar com crianças no bairro chamado Matarazzo em Votuporanga...desde o momento que vi estas crianças a chama ardeu em meu coração..Leva-los a conhecer Jesus e ajuda-los a crescer nos caminhos do Senhor,e tbm ensina-los a evangelizar outras crianças...pois estas crianças são a ultima geração antes da vinda do Senhor Jesus...Que Deus me capacite e me dê sabedoria em como trabalhar com estas crianças,ñ só este pequeninos Deus esta me dando,mas tbm adolescentes..bom este projeto vcs verão depois...Hoje meu alvo é levar estas crianças ao verdadeiro sentido e alvo:"Jesus e ser Feliz..Sempre".

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

terça-feira, 13 de outubro de 2009

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Ajude seu filho a gostar de ler.


O gosto pela leitura nem sempre surge «do nada». Se bem que algumas crianças acabam por pegar num livro com gosto, outras há para quem até leitura com desenhos é um sacrifício.Para que possa ajudar o seu filho a gostar de ler e a fazê-lo sem dificuldade, deixo aqui alguns conselhos práticos.
1-1. Fazer uma pausa na atividade cotidianaReserve um intervalo de tempo durante o qual sabe que não vai/vão ser perturbado/s. Quinze minutos é um intervalo de tempo suficiente.
2-2. Tornar a leitura agradávelFaça da leitura uma experiência agradável. Sente-se ao lado da criança. Não a pressione se ela mostrar alguma resistência e, se ela não estiver realmente interessada, opte por outra atividade ou deixe-a livre para fazer o que pretende na altura.
3-3. Não fazer interrupções bruscasSe a criança ler mal uma palavra, não a interrompa de imediato. Esse intervalo dar-lhe-á a hipótese de se corrigir. Se não resultar, dê-lhe exemplos de outras palavras "difíceis" com um som semelhante para que não fique presa àquela palavra em particular e tente resolver o problema por si.
4-4. Ter uma atitude positivaEvite expressões como "Não!" ou "Está mal!". Utilize expressões como "Agora vamos ler juntos..." e aponte para as palavras à medida que, lentamente, as lê. Aumente a auto-estima da criança elogiando todos os progressos, até os aparentemente mais insignificantes.
5-5. Combater a ansiedadeSe os pais demonstrarem uma grande ansiedade, podem levar a criança a sentir que "é tudo muito difícil". Não eleve muito a fasquia - escolha livros com textos adequados aos gostos e capacidades da criança. Debater-se com um livro cheio de palavras "difíceis" pode dar origem a uma "fobia" da leitura, uma vez que a falta de fluência na mesma faz com que a criança não perceba.
6-6. Ir à bibliotecaHabitue a criança a visitar e a requisitar livros nas bibliotecas públicas, escolares ou outras.
7-7. Fazer da leitura uma prática regularTente criar a rotina de ler com a criança todos os dias ou, pelo menos, nos dias de escola. Não esqueça que os professores têm pouco tempo para se dedicar individualmente a cada criança.
8-8. Manter contato regular com a escola e com o professorFale com o professor e mantenha-se informado sobre os progressos da criança. Se ela souber do seu interesse sentir-se-á mais motivada.
9-9. Falar sobre os livrosAntes de iniciar a leitura (ou no final), fale sobre o livro que a criança vai ler. Fale das imagens e até do tipo de letra. Se o livro já for conhecido pode falar sobre a parte favorita da criança. Esta é também uma forma de ficar a saber se a criança percebeu o que leu.
10-10. Promover a variedadeEscolha livros de gêneros diferentes para as sessões de leitura. Varie com gibis, livros de poemas, revistas etc. Deixe a criança escolher também.

O pecado.

“Deus perguntou: Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer?” (Gênesis 3.11, NVI).Mas o Diabo, por meio da serpente, tentou Eva. Então ela e Adão desobedeceram a Deus. Desobediência é pecado. Por isso, eles foram expulsos do Paraíso e ficaram longe de Deus.

sábado, 10 de outubro de 2009

"Quando falar de Jesus para as crianças."


Quando falar de Jesus para as crianças e como praticar o ensino bíblico de acordo com a idade da criança.
-Idade da criança.
Alguns pensam que somente devemos falar de Jesus para as crianças quando elas já sabem o que é certo e o que é errado.Ou seja, quando entram na chamada “idade da consciência”.Outros entendem que o homem tem que saber, desde pequeno, que é um pecador.
-Quando falar de Jesus para as crianças?
Parece-nos que o melhor é apresentar Jesus às crianças o mais cedo possível.Tomando-se, no entanto, o devido cuidado no modo de apresentar-lhes o ensino bíblico, que deverá levar em conta a idade da criança.Na fase inicial da vida não há necessidade de falarmos de pecado e de culpa para as crianças.Mas, sim, devemos encher o seu coração da presença de Deus através do ensino bíblico, de louvores e de oração.Isto vai ajudá-las a permanecerem com o coração limpo e o temor a Deus.
-O que Jesus disse sobre as crianças?
A respeito das crianças, Jesus mesmo disse: "...dos tais é o Reino de Deus" (Marcos 10:14) e "... os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai queestá nos céus" (Mateus 18:10).
-Jesus Cristo o Salvador de todas as pessoas.
Quando a idade da criança permitir que ela entenda o que é certo e o que é errado, então ela saberá quando desobedeceu a Deus.Ela também poderá compreender que Cristo morreu por ela.E que os seus pecados podem ser perdoados, crendo em Jesus e o aceitando como seu Salvador.
-Primeiro em casa.Os pais devem falar de Jesus a seus filhos desde cedo.Contar histórias da Bíblia, cantar e orar juntos.Veja o que Deus ordenou à nação de Israel, por meio de Moisés: “E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te”(Deuteronômio 6:6-7).
" JESUS AMA TODAS AS CRIANÇAS.!"

sexta-feira, 9 de outubro de 2009


O cego de Jerico.



"ORAI PELAS NOSSAS CRIANÇAS.!"

“No princípio, criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1.1).Deus criou o mundo e tudo o que existe: o céu, a terra, o mar, as plantas, os animais... Criou também o homem e a mulher, que viviam bem com Ele e eram muito felizes.
"Evangelizando as crianças do mundo todo.!"